Facebook
 

Consórcio Monotrilho Integração é o responsável pela construção da Linha 17-Ouro do Metrô

Quatro empresas cuidarão do projeto do início ao fim.

Composto pelas empresas Andrade Gutierrez, CR Almeida, Scomi e MPE, o Consórcio Monotrilho Integração foi o vencedor da licitação para a construção da Linha 17-Ouro do Metrô - cujo primeiro trecho deve ficar pronto em 2014, fazendo a ligação do Aeroporto de Congonhas à Rede de Transporte Metropolitano.

Esta linha foi incorporada ao Plano de Expansão Metropolitano com a função fundamental de ser articuladora das linhas do Metrô, da CPTM e dos corredores de ônibus. Ao todo serão mais de 17 km de extensão distribuídos em 18 estações e integrando-se com a Estação Jabaquara da Linha 1-Azul, futura Estação Água Espraiada da Linha 5-Lilás, Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM e a futura Estação São Paulo/Morumbi da Linha 4-Amarela, passando por importantes bairros como Jabaquara, Campo Belo, Aeroporto, Brooklin, Paraisópolis e Morumbi.

A obra será dividida em três trechos. O primeiro ligará o Aeroporto de Congonhas à estação Morumbi, da Linha 9-Esmeralda da CPTM. O trecho dois se estenderá até a estação São Paulo-Morumbi, da Linha 4-Amarela. Já o terceiro trecho interligará os trechos um e dois, do Brooklin até a estação Jabaquara, da Linha 1-Azul.

Empresas

O Consórcio Monotrilho Integração foi o vencedor do processo de licitação ocorrido em 2011. Ao todo, cinco consórcios participaram da concorrência. As empresas Andrade Gutierrez e CR Almeida são as responsáveis por toda a construção da Linha e fornecimento de sistemas. Já a Scomi e sua parceira no Brasil, a MPE, ficam a cargo dos trens da Linha 17-Ouro.

A Construtora Andrade Gutierrez faz parte do Grupo Andrade Gutierrez, fundada em 1948, e é um dos maiores conglomerados de infraestrutura na América Latina, atuante em mais de 30 países.

A CR Almeida é uma construtora reconhecida no mercado pelo seu trabalho em obras como a Duplicação da Rodovia dos Imigrantes, Ferrovia Central do Paraná e Hidrelétrica São Simão. A empresa faz parte do Grupo CR Almeida, atuante no mercado de concessões pela holding EcoRodovias.

A Scomi é uma empresa com sede na Malásia, que juntamente com sua parceira brasileira, a MPE estão construindo uma fábrica no Rio de Janeiro para produzirem os trens desta Linha.